Pré-conferência de juventude do Fórum reúne diferentes representações juvenis da cidade

Foto: JotaPê Mendes

Foto: JotaPê Mendes

Mais de 40 jovens participaram, na noite da última quarta-feira, 15 de julho, da pré-conferência descentralizada de juventude promovida pelo Fórum. O encontro aconteceu na Casa de Direitos Humanos e buscou contribuir para a avaliação e a formulação de políticas públicas de juventude em Belo Horizonte, de maneira a preparar os/as participantes para a V Conferência Municipal de Juventude, prevista para os dias 7 e 8 de agosto.

Reunidos em grupos, os/as participantes debateram os principais desafios e problemas enfrentados pelas juventudes em Belo Horizonte e realizaram um breve diagnóstico sobre as políticas, serviços e equipamentos voltados a esse público na capital mineira, tendo como ponto de partida dados e informações referentes a violações dos direitos juvenis no município. Em um terceiro momento, cada grupo elaborou dois desafios prioritários e, para cada um deles, duas respectivas ações que devem ser realizadas pelo poder público a fim de solucionar tais problemas.

Na plenária final, os grupos compartilharam com os demais os desafios e as ações sugeridas, ligados, especialmente, à Educação de Jovens e Adultos (EJA); ao direito constitucional à moradia; à realidade dos jovens trabalhadores/as e às estruturas de assistência a crianças e jovens. Após deliberação coletiva, os oito desafios sugeridos foram condensados em cinco e serão enviados à etapa municipal da Conferência de Juventude, junto de suas respectivas propostas de ação.

Grupos participantes

A pré-conferência do Fórum contou com a presença de integrantes da Associação Imagem Comunitária; Brigadas Populares; coletivos Cabeçativa, Conexão Periférica e Na Raça; Instituto de Promoção e Desenvolvimento Social Tucum; Observatório da Juventude da UFMG; Kolping Vila Belém; Unidade Popular; Junt@s!; Juventude do PT; PSOL; Papo Jovem; Voz Ativa UFMG; União da Juventude Rebelião (UJR); do Diretório Acadêmico da FACE UFMG; Levante Popular da Juventude; Fórum Metropolitano EJA; Grêmio Estudantil da Escola Estadual Olegário Maciel; Movimento Minas Diz NÃO à Redução da Maioridade Penal; Subsecretaria de Estado de Juventude e movimento #ResisteIzidora.

Veja mais fotos da pré-conferência do Fórum em nossa página do Facebook.

Pré-conferências descentralizadas

Entre os dias 22 de maio e 17 de julho, mais de 130 pré-conferências descentralizadas de juventude foram realizadas em todas as nove regionais de Belo Horizonte, organizadas de forma autônoma por entidades, movimentos, coletivos e/ou pessoas autônomas. A realização dos encontros foi estimulada pelo Conselho Municipal de Juventude (COMJUVE), responsável pela organização da V Conferência Municipal de Juventude, que acontecerá entre os dias 7 e 8 de agosto. Todas as pré-conferências puderam enviar propostas para a etapa municipal e seus/suas participantes já estavam automaticamente habilitados/as para participarem dessa etapa como delegados/as. Clique aqui para mais informações.