Coletivos juvenis discutem controle e participação em políticas públicas

Na próxima quarta-feira, 05/08, tem início o ciclo de encontros ampliados “Juventudes e a Construção de Políticas Públicas na RMBH”. Organizados pelo Fórum das Juventudes da Grande BH, os encontros acontecerão nos dias 5 e 19 de agosto (quarta-feira) e 27 de agosto (quinta-feira),  na Casa de Direitos Humanos (Av. Amazonas, 558, Praça Sete – Quase esquina com a Rua São Paulo), em uma programação composta por debates e oficinas.

O ciclo busca debater possibilidades concretas de controle social no campo do enfrentamento à violência contra as juventudes, além de apontar caminhos para a incidência nas políticas públicas em nível municipal. Neste primeiro encontro, serão discutidos desafios de espaços e mecanismos de controle e incidência, buscando traçar perspectivas para a participação. Conduzindo o debate, estarão presentes a pesquisadora Letícia Godinho, da Fundação João Pinheiro, e o ativista Érico Colen, integrante do Conselho Municipal de Saúde.

No encontro do dia 19, movimentos sociais da Grande BH vão compartilhar experiências de incidência na política municipal. Os convidados são o movimento Tarifa Zero, que busca intervir na política de mobilidade urbana em Belo Horizonte; o Fórum Popular de Cultura, que atua na defesa do fomento, acesso e difusão cultural em Contagem; e o Fórum Metrô EJA, que tem uma trajetória na fiscalização e proposição das políticas educacionais para jovens e adultos na Região Metropolitana de BH.

Encerrando o ciclo, no dia 27, será realizada uma oficina de incidência no orçamento público, ministrada por Suzane Almada, do movimento de juventude de Santa Luzia. O encontro vai oferecer ferramentas concretas para a utilização do orçamento público nas ações políticas, além de construir caminhos para um plano de incidência juvenil em âmbito municipal.

formação controle social_atualizado