Adolescentes de centros de internação produzem vídeos e músicas a partir do cinema

IMG_9526Na última semana, foi realizada mais uma sessão da Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul em dois centros de internação socioeducativos masculinos da Grande BH: no centro Santa Clara, bairro Capitão Eduardo, em Belo Horizonte (18/3); e no centro Justinópolis, em Ribeirão das Neves (20/3). Com base em discussões realizadas nas sessões anteriores, os adolescentes em privação de liberdade nas instituições participaram de oficinas de expressão em diferentes linguagens, como fotografia, vídeo e colagem. A realização da Mostra nessas instituições é uma iniciativa do Círculo do Socioeducativo das Brigadas Populares, em parceria com o Fórum das Juventudes da Grande BH.

No centro Santa Clara, as atividades foram iniciadas com discussões sobre racismo, violência e afetos, temas debatidos nas outras sessões da Mostra. Os adolescentes também assistiram aos clipes das músicas “A carne”, interpretada por Elza Soares; e “Negro Drama”, dos Racionais MC’s, e refletiram sobre as questões raciais e sociais abordadas pelas obras. Na sequência, os participantes se dividiram em grupos para as atividades de produção midiática. Um deles percorreu a instituição fotografando diferentes espaços; outro se dedicou à construção de uma vídeo-carta. Um terceiro grupo se engajou na realização de entrevistas com os próprios colegas por meio de áudio e vídeo. Um dos adolescentes escolheu montar um cartaz a partir de recortes diversos.

Já no centro Justinópolis, além de atividades com câmeras de vídeo, os adolescentes produziram letras de rap e funk a partir de suas vivências. Também participaram da Mostra técnicos/as dos dois centros e integrantes do Círculo, do Fórum e educadores/as convidados.

As exibições da Mostra acontecem desde a última semana de fevereiro e são acompanhadas de oficinas de produção midiática junto aos adolescentes, em diálogo com os temas apresentados pelos filmes. Nas sessões anteriores, foram exibidos o longa A vizinhança do Tigre (2014), de Affonso Uchoa; o curta Sophia (2013), de KennelRógis; e o documentário Pelas Janelas, de Carol Perdigão, Guilherme Farkas, Sofia Maldonado e Will Domingos.

IMG_0718

Projeto Democratizando

“Pelas Janelas” é um dos seis filmes que integram o kit do Projeto Democratizando, elaborado pela produção da 9ª Mostra Cinemas e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Por meio desse edital, espaços comunitários em todo o país se inscreveram para receber o kit, que busca suscitar o debate sobre os Direitos Humanos em locais diferentes do circuito oficial de exibição da Mostra. A proposta do Círculo do Socioeducativo e do Fórum foi uma das contempladas pelo Projeto, que abriga mais de 970 pontos de exibição em todo o país entre os meses de janeiro e março.

Veja mais fotos em nosso álbum do Facebook.